Cuidado para não cometer esses erros graves e perigosos ao dirigir



De que adianta ter um carro com airbags, tecnologias e dispositivos de segurança de última geração, notas altas nos testes de colisão NCAP, se as principais ações dependem do seres humanos? Nesse sentido, é importante lembrar que algumas atitudes que deveriam ser observadas por todos ainda continuam negligenciadas, como o uso do cinto de segurança, sinalizar mudança de faixa, não falar ao celular entre outras.

Em pesquisa recente feita pela Arteris, uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil, foram apontados alguns dados alarmantes.

Para se ter uma ideia, os pesquisadores da Arteris fizeram um levantamento em uma rodovia que é administrada por eles e obtiveram algumas constatações impressionantes:

  • 48% dos passageiros do banco de trás não usam o cinto de segurança;

  • 58% dos motoristas não sinalizam quando vão mudar de faixa;

  • Muitos tem o hábito de usar o celular enquanto dirigem;

  • 90% dos acidentes são causados por falha humana.

Caso determinados comportamentos equivocados fossem evitados, certamente iria diminuir o número de mortes e acidentes de trânsito no país.

Lembrando das aulas de direção da autoescola, precisamos sempre utilizar a direção defensiva e termos os cuidados no trânsito. Isso porque, em uma fração de segundo, podemos perder ou comprometer os bens mais preciosos que temos: a vida e a saúde.

Portanto, na próxima vez que for viajar, andar pela cidade, ou simplesmente sair de carro, lembre-se disso de evitar esses erros graves e perigosos. Caso queira conferir os dados completos sobre o estudo da Arteris, clique aqui para acessar.

Abaixo colocamos alguns vídeos do Detran do Rio Grande do Sul com algumas informações sobre cinto de segurança, viagens, ultrapassagens em rodovias, manutenção de distância adequada em relação aos veículos Pa frente etc. Assista com atenção e contribua para um trânsito mais seguro.



Posts Recentes