Limite de velocidade nas marginais de SP subirá a partir de janeiro



A partir do dia 25 de janeiro de 2017, o limite de velocidade subirá nas marginais dos rios Pinheiros e Tietê, conforme anúncio do futuro secretário de Transportes da gestão João Doria (PSDB), Sérgio Avelleda, nesta terça-feira (20).


Na pista expressa das duas marginais o limite volta a ser 90 km/h para veículos leves, na pista central da Marginal Tietê o limite será de 70 km/h e nas pistas locais, 60 km/h.


Na faixa da direita da pista local, pela qual transitam os ônibus e que permite a conversão à direita, a velocidade será mantida em 50 km/h.


O limite de velocidade para veículos pesados será de até 60 km/h em todas as pistas, com exceção da local, onde será até 50 km/h.


Em julho de 2015, o prefeito Fernando Haddad (PT) reduziu o limite das velocidades máximas e um ano após a medida o número de acidentes com vítimas (mortas ou feridas) caiu 37,5% nas vias, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A iniciativa compôs o Programa de Proteção à Vida, criado pela Prefeitura de São Paulo.


Juntas, as marginais apresentaram 608 acidentes no primeiro semestre de 2015; nos primeiros seis meses de 2016 foram 380, segundo a CET. Segundo a companhia, o número de atropelamentos caiu também, passando de 27 para 9 no mesmo período.


No anúncio da regulamentação, a Secretaria dos Transportes havia defendido que a redução das velocidades máximas permitidas tinha por objetivo a melhoria das condições de segurança, e a redução do número de feridos e mortos.


Na ocasião, foram mostrados os resultados das alterações em outros países, como Suíça, Dinamarca, EUA e Suécia, adotadas na década de 80, que evidenciavam que uma menor velocidade do veículo poderia evitar acidentes abrandar danos físicos.


Já para o futuro secretário, as marginais foram construídas para velocidades maiores.

"As marginais foram projetadas para serem vias de trânsito rápido e faremos todas as ações para mitigar os riscos", disse o secretário dos transportes de Doria, Sérgio Avelleda.


O presidente da CET, João Octaviano Neto, disse que os padrões internacionais garantem a avaliação e que quando houver congestionamento haverá a redução da velocidade naturalmente ao longo do dia.


"Por que a manutenção de uma faixa de 50 km à direita? Temos lá pedestres, bicicletas, que são os mais vulneráveis e temos que proteger, temos que dar a garantia que ali o risco é menor, até porque é a via que dá acesso, esta via precisa ser segregada", disse Neto.


Ele afirmou que haverá um conjunto de ações que melhorará a operação da via, com orientação, fiscalização e sinalização.


Haverá redução de vias de acesso próximo a estações de ônibus e metrô, para que haja a redução da velocidade com gradis e sinalização de alerta. "Na conversão a prioridade será sempre do pedestre", disse. Serão elevações na entrada das transversais com pistas para pedestres. As faixas dos pedestres ficarão acima das lombadas.


Também haverá intensificação de fiscalização com radar-pistola pela CET exclusivamente para os motociclistas. "Não é uma coisa sectária de perseguição, é um item de segurança. Ninguém quer atrapalhar o meio de vida do trabalho desses profissionais", disse o presidente da CET.


Questionado se a variação de quatro limites de velocidade não pode levar ao aumento de multas, o secretário disse que "vão evitar a pegadinha do radar informando o que está acontecendo na via com placas, fazendo com que você crie o conceito e esteja atento às condições de operação da via", afirmou.


"Não haverá ampliação de radar, nenhum elemento de ampliação de radar, mas ele é um elemento importante para redução da velocidade, mas a pessoa vai ser lembrada sempre dos limites. Então não vai ter pegadinha", completou.


O início do programa de mudança de velocidade começa no dia 2 de janeiro, mas a readequação começa no dia 25. "Os motoristas terão até o fim de janeiro para se adaptarem".


Novos limites:


Marginal Tietê Veículos leves Expressa 90 Central 70 Local demais 60 Local faixa que margeia a calçada 50


Pesados Expressa 60 Central 60 Local 50


Pinheiros Leves Expressa 90 Local 70 Local que margeia calçadas e pontes e estabelecimentos 50


Pesados Expressa 60 Local 50